Escolha uma Página

Quem trabalha com SEO sabe que o Add URL é uma mão na roda quando não temos tempo ou possibilidade de ir até o Google Search Console para enviar uma URL para o índice do Google.

Belo design de 1999, Google:

Printscreen do Add URL, ferramenta do Google para jogar URL no indice

gostei da parte do “anúncios imediatos”

Agora temos uma novidade na SERP

Ao pesquisar por “Add URL” no Chrome, vi esse resultado

 

printscreen do add URL aparecendo na página de pesquisa do Google diretamente

Snippet riquíssimo do ADD URL

Como usar o Add URL?

Basta colocar a URL que você quer adicionar. No caso, vou fazer o exemplo com a URL desse próprio artigo.

colocando a URL desse post no Add URL

usando o add URL direto do Google

O segundo passo é confirmar o Captcha (só fico pensando a quantidade de SPAM que teria se não fossem esses malditos captchas)

captcha para adicionar URL no Google

esse é o primeiro de dois captchas que aparecem na tela

Aí, finalmente, você terá a sua URL adicionada ao Google. Porém, vem o aviso de que “A Página pode não ranquear imediatamente nos resultados do Google, mas podem melhorar com o tempo. Monitore o tráfego de busca do seu site no Google Search Console.”

"A Página pode não ranquear imediatamente nos resultados do Google, mas podem melhorar com o tempo. Monitore o tráfego de busca do seu site no Google Search Console."

“A Página pode não ranquear imediatamente nos resultados do Google, mas podem melhorar com o tempo. Monitore o tráfego de busca do seu site no Google Search Console.”

Vale a pena usar essas ferramentas de indexação?

Outras formas de ter essas páginas encontradas rapidamente são:

  1. Usar sitemaps.xml pequenos e que se atualizam automaticamente, deixando as páginas mais recentes em primeiro. Assim o Google se interessa por esses sitemaps e os visita frequentemente.
  2. Linkagem interna de qualidade que faça com que o Google encontre essas URL’s novas com facilidade. Não se esqueça da versão mobile do seu site nesse aspecto!
  3. Linkagem externa de qualidade. O UOL é visitado pelo robô do Google frequentemente. Se ele encontra um link seu lá, vai começar a se interessar por você também;
  4. Anúncios: queira ou não queria, o anúncio está lá disponível na hora que você quiser e trazer tráfego para páginas novas é sempre uma boa pedida.
  5. Google Search Console: por último mas não menos importante, o nosso antigo Google Webmaster Tools tem a função Buscar como o Google e que, depois permite o envio das URLs.
  6. Robots.txt: não deixe os buscadores rastrearem seu site e darem de cara na parede. Você pode bloquear o rastreio de seções ou páginas do site usando regras avançadas do arquivo robots;
  7. Mantenha seu site atualizado: evite ter páginas 404 espalhadas por todos lados para que o robô do Google não diminua sua taxa de rastreio.